+SÃO PAULO

Fundada em 1554 pelos jesuítas, São Paulo, capital do maior Estado do sudeste Brasileiro, é também o principal centro financeiro e de negócios da América Latina. Cidade mais populosa do Brasil, do continente americano e de todo o hemisfério sul do mundo, São Paulo é também considerada a cidade brasileira mais influente no cenário global. Ademais, São Paulo é berço do cenário cultural do país, com forte desenvolvimento artístico em suas diversas expressões – música, teatro, artes plásticas, entre outros.
Um dos principais destinos turísticos brasileiros, São Paulo atrai visitantes com diferentes propósitos: lazer, eventos e principalmente negócios. Entre seus atrativos naturais, arquitetônicos e históricos, encontram-se importantes monumentos, parques e museus.



MUSEUS

MUSEU DE ARTES DE SÃO PAULO




Inaugurado em outubro de 1947 por Assis Chateaubriand, o Museu de Arte de São Paulo (Masp) é fruto de uma aventura de duas pessoas com visão revolucionária para sua época e apoiadas por um grupo de amigos.
Fundador e proprietário dos Diários e Emissoras Associados, juntamente com o professor Pietro Maria Bardi, jornalista e crítico de arte na Itália recém chegado ao Brasil, Chateubriand criou a coleção mais importante do hemisfério Sul. O feliz encontro entre eles alinhou o Brasil com os países de primeiro mundo no universo das artes.
O projeto que vinha sendo cultivado há décadas obteve muito sucesso após inaugurado, arrecadando os fundos necessários à aquisição de obras de arte para formar o acervo do museu.
Lina Bo, arquiteta modernista italiana e esposa do professor Bardi, concebeu arquitetonicamente o prédio atual do Masp. O terreno da Avenida Paulista havia sido doado à municipalidade com a condição de que a vista para o centro da cidade, bem como para a Serra da Cantareira, fosse preservada. Assim, ela idealizou um edifício sustentado por quatro pilares, permitindo, assim, aos que passam pelo local descortinar o centro da cidade. Em construção civil é único no mundo com o corpo principal pousado sobre quatro pilares laterais com um vão livre de 74 metros.
O Masp mantém pinacoteca, biblioteca, fototeca, filmoteca, videoteca, cursos de artes e serviço educativo de apoio às exposições, exibição de filmes e concertos musicais de interesse artístico e cultural. Desse modo, coloca-se como primeiro centro cultural de excelência em nosso país.
O visitante pode apreciar no edifício da Avenida Paulista obras da escola italiana incluindo Rafael, Andrea Mantegna, Botticceli e Bellini; de pintores flamengos como Rembrandt, Frans Hals, Cranach ou Memling e espanhóis como Velazquéz e Goya.
A maior parte do núcleo de arte européia do Masp é de pintura francesa. Podemos apreciar os quatro retratos das filhas de Luiz XV, pintados por Nattier, ou as alegorias das quatro estações de Delacroix. Do movimento impressionista, encontramos obras de Renoir, Manet, Monet, Cézanne e Degas.
Dos pós-impressionistas é possível ver quadros de Van Gogh e de Toulouse-Lautrec.
Um dos destaques do acervo é o espaço dedicado à coleção completa de esculturas de Edgar Degas. Em bronze e com 73 peças, só pode ser vista integralmente em poucos museus, como Metropolitan, em Nova York, e no Museu D`Orsay, em Paris, além do Masp.
O espaço foi criado para ser dinâmico, com perfil de centro cultural. Por isso possui espaços diferenciados para realização de exposições temporárias. O visitante sempre encontra uma novidade em sua visita ao local, por mais frequente que seja. As exposições temporárias apresentam os mais variados temas ou suportes. Exposições nacionais e internacionais de arte contemporânea, fotografia, design e arquitetura se revezam durante o ano, trazendo ao público um universo de imagens.
O Masp também apresenta projetos musicais, cinema e palestras. Os dois auditórios projetados por Lina destinam-se a essas atividades.


Serviço:
Museu de Artes de São Paulo (Masp)
Avenida Paulista, 1.578 - Cerqueira César - Centro - São Paulo (Metrô Trianon-Masp)
Tel.: (11) 3251-5644
[email protected]
www.masp.art.br
Horário: De terça a domingo e feriados, das 11h às 18h.
Quinta, das 11h às 20h
Preço: R$ 15 (inteira) e R$ 7 (estudante com carteirinha e idosos)
Grátis às terças e para menores de dez e maiores de 60 anos.


MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA




O Museu de Arte Contemporânea foi criado em 1963 quando a Universidade de São Paulo recebeu o acervo do antigo MAM de São Paulo, formado pelas coleções do casal de mecenas Yolanda Penteado e Ciccillo Matarazzo, pelas coleções de obras adquiridas ou recebidas em doação durante a vigência do antigo MAM e pelos prêmios das Bienais de São Paulo, até 1961. De posse desse rico acervo composto, entre outras, por obras de Amedeo Modigliani, Pablo Picasso, Joan Miró, Alexander Calder, Wassily Kandinsky, Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Emiliano Di Cavalcanti, Alfredo Volpi, Lygia Clark e uma estupenda coleção de arte italiana do começo do século XX, o novo museu passa a atender aos principais objetivos da Universidade: busca do conhecimento e sua disseminação pela sociedade.
Em seus primeiros anos o MAC USP tratou de preservar, estudar e exibir o acervo, ao mesmo tempo em que se tormava um dos principais centros no hemisfério sul a colecionar, estudar e exibir trabalhos ligados às várias vertentes da arte conceitual, às novas tecnologias e obras que problematizavam a tradição moderna. Foi durante esse período inicial que entraram para a coleção do Museu obras de Lucio Fontana e Artur Barrio, entre muitas outras. Ciente de seu papel como pólo formador de novos profissionais nas áreas de teoria, história e crítica de arte, além daquelas conectadas aos universos da museologia e da museografia, o MAC USP passou a ser reconhecido como um importante centro em todas essas áreas, assim como naquelas ligadas à educação pela arte.
Nas últimas décadas, o MAC USP continuou ampliando suas coleções modernas e contemporâneas. Nesse período ingressaram para o acervo obras de Henry Moore, Cildo Meireles, Julio Plaza, Joseph Beuys, Leda Catunda, Rosângela Rennó, Jonathas de Andrade e vários outros artistas brasileiros e internacionais. Mais recentemente, com uma política de atualização, o Museu recebeu para a sua coleção mais de 300 obras a partir de doações de artistas, galeristas, colecionadores e aquisições realizadas por intermédio da AAMAC (Associação de Amigos do MAC USP).
Instalado em um complexo arquitetônico criado nos anos 1950 pelo arquiteto Oscar Niemeyer e equipe, o MAC USP possui um acervo de cerca de 10 mil obras, entre pinturas, gravuras, tridimensionais, fotografias, arte conceitual, objetos e instalações. É considerado um centro de referência de arte moderna e contemporânea, brasileira e internacional, mantendo à disposição de estudantes, especialistas e do público em geral uma biblioteca e um importante arquivo documental.


Serviço:
MAC USP Ibirapuera
Avenida Pedro Álvares Cabral, 1301 - 04094-050 - São Paulo - SP - Brasil
Tel.: (11) 2648.0254
http://www.mac.usp.br
Terça-feira das 10 às 21h
Quarta a domingo das 10 às 18 horas
Segunda-feira fechado
Grátis


MUSEU DO IPIRANGA




A idéia de erguer um monumento em homenagem à independência do Brasil no local da proclamação, às margens do rio Ipiranga, surgiu meses depois ao acontecimento. No entanto, por falta de verbas e de entendimentos quanto ao tipo a ser criado, somente após 68 anos da proclamação que a idéia se concretizou com a inauguração do edifício-monumento, em 1890. Para tal, em 1884 foi contratado como arquiteto o engenheiro italiano Tommaso Gaudenzio Bezzi.
O estilo arquitetônico adotado, eclético, há muito estava em curso na Europa e viria marcar, a partir do final do século XIX, a transformação arquitetônica de São Paulo. Bezzi utilizou, de forma simplificada, o modelo de palácio renascentista.
Atualmente o museu é um dos ícones da cidade e sua importância é marcada tanto pela imponência do prédio e de suas instalações quanto pela grande parte da história do Brasil que abrange. Conta com um acervo de mais de 125 mil peças, entre mobiliários, trajes e utensílios que pertenceram a figuras da história brasileira como bandeirantes, imperadores e barões paulistas do café.
Há ainda coleções de armas brancas, peças da Revolução Constitucionalista de 1932 e uma sala reservada a Santos Dumont, pioneiro da aviação, com maquetes de seus aparelhos e objetos de uso pessoal. Além disso, as instalações do museu abrigam uma biblioteca com cem mil volumes, um Centro de Documentação Histórica com 40 mil manuscritos e laboratórios de conservação e restauração de peças e documentos. Ao redor do prédio, um grande e belíssimo jardim é utilizado como recanto para os românticos, usado para os exercícios de quem gosta de ginástica ou para recreação das crianças. O espaço também promove cursos, seminários e outros eventos, bem como presta serviços à comunidade, atendendo instituições, pesquisadores, professores, estudantes e público em geral e ainda presta assessoria e consultoria, além de distribuir publicações da instituição.
Um sinal do amor do paulistano para com a área é a interferência e medida de proteção ao museu. Fundada em 1º de setembro de 1995, a Sociedade Amigos do Museu Paulista (Sampa) é uma sociedade civil, sem fins lucrativos, destinada a promover o desenvolvimento e o aprimoramento das atividades do Museu Paulista da Universidade de São Paulo, bem como contribuir nas áreas de pesquisa, publicações, curadoria e atendimento ao público. A extensão de ações junto à população é uma de suas principais metas.


Serviço:
Museu Paulista (Museu do Ipiranga)
Parque da Independência, s/nº - Ipiranga - Zona Sul
Tel.: (11) 2065-8000
[email protected]
Site do Museu do Ipiranga: www.museudoipiranga.com.br
Site do Museu Paulista: www.mp.usp.br/museu-paulista
Horário: Terça a domingo, das 9h às 17h
Preço: R$ 4 (inteira) e R$ 2 para estudantes. Grátis para crianças até seis anos, idosos e portadores de necessidades e também no primeiro e terceiro domingos do mês. O acesso ao jardim e ao monumento é livre.


PINACOTECA




Pina_Luz
A Pinacoteca de São Paulo é um museu de artes visuais com ênfase na produção brasileira do século XIX até a contemporaneidade. Fundada em 1905 pelo Governo do Estado de São Paulo é o museu de arte mais antigo da cidade.
Ela está instalada no antigo edifício do Liceu de Artes e Ofícios, projetado no final do século XIX pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo, que depois passou por uma ampla reforma com projeto do arquiteto Paulo Mendes da Rocha no final da década de 1990.
O acervo original da Pinacoteca foi formado com a transferência de 20 obras do Museu Paulista da Universidade de São Paulo de importantes artistas da cidade como Almeida Júnior, Pedro Alexandrino, Antônio Parreiras e Oscar Pereira da Silva. Com o passar dos anos formou um significativo acervo, com quase 10 mil obras.
Desde 2006 a Pinacoteca é administrada pela Associação Pinacoteca Arte e Cultura (link para APAC). Atualmente realiza cerca de 30 exposições e recebe aproximadamente 500 mil visitantes por ano.

Pina_Estação
Em 2004 a Pinacoteca incorporou o edifício do Largo General Osório que, originalmente, abrigava armazéns e escritórios da Estrada de Ferro Sorocabana. O edifício foi totalmente reformado pelo arquiteto Haron Cohen, passa a chamar-se Estação Pinacoteca, hoje Pina_Estação, para receber parte do programa de exposições temporárias.
No térreo está instalado o Memorial da Resistência de São Paulo criado na parte do edifício que sediou o Departamento Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo (Deops/SP), entre os anos 1940 e 1983. A instituição se dedica a preservar as memórias da resistência e repressão política do Brasil republicano.
Estão no primeiro andar o Centro de Documentação e Memória e a Biblioteca Walter Wey, que apresenta um significativo acervo de artes visuais, com destaque para arte brasileira.


Pina_Luz
Praça da Luz, 02 – Tel. 11 3324-1000
Quarta a segunda, das 10h às 17h30 com permanência até as 18h.
(Possui bicicletário e estacionamento gratuito)
[email protected]
pinacoteca.org.br
R$ 6,00 (inteira) e R$ 3,00 (estudante). Grátis aos sábados. Crianças com até 10 anos e idosos maiores de 60 anos não pagam.


Pina_Estação
Largo General Osório,66 – Tel. 11 3335-4990
Quarta a segunda, das 10h às 17h30 com permanência até as 18h.
(Estacionamento: Rua Mauá, 51 – R$ 13,00 por 3h)
Temporariamente gratuito. Grátis aos sábados. Crianças com até 10 anos e idosos maiores de 60 anos não pagam.


MUSEU DA PESSOA




Ao longo de sua trajetória, o Museu da Pessoa realizou cerca de 250 projetos de memória, nas áreas de Memória Empresarial, Educação, Desenvolvimento Comunitário e Cultura. Em 22 anos de história, o Museu da Pessoa inspirou a construção de três museus fora do Brasil (Portugal, Canadá e Estados Unidos) e liderou campanhas internacionais para a valorização de histórias de vida.


Rua Natingui, 1100
São Paulo
CEP 05443-002
tel +55 11 2144.7150 | fax +55 11 2144.7151
[email protected]
www.museudapessoa.net


MUSEU DA IMAGEM E DO SOM




O Museu da Imagem e do Som de São Paulo, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, foi inaugurado em 1970. Seu acervo conta com mais de 200 mil itens como fotografias, filmes, vídeos e cartazes. Além de exposições e mostras de cinema regulares, o MIS possui uma programação cultural diversificada voltada para todos os públicos e abre espaço para novos artistas, que, por meio de seleção, exibem seus trabalhos dentro de programas de fotografia, cinema, dança e música.
Em 2014, o museu foi o mais visitado do Estado de São Paulo, recebendo 603.197 pessoas, mais que o dobro do ano anterior (256.756). Sob a gestão de André Sturm, diretor executivo do MIS desde 2011, o público vem crescendo a cada ano: em 2010, a instituição recebeu 61.683 visitantes em 2010, 86.233 em 2011 e 184.205 em 2012. Ainda em 2014 o MIS foi eleito a Atração do Ano pelo Guia 4 Rodas. O museu também foi apontado pelo Google como segundo colocado entre os lugares mais procurados em São Paulo. No mesmo ano, a instituição foi a quarta colocada na lista dos lugares mais populares para os brasileiros segundo retrospectiva do Facebook.


Avenida Europa, 158
Jardim Europa
São Paulo - SP, Brasil
CEP 01449-000. Telefone: 55 11 2117 4777
Facebook
www.mis-sp.org.br
11h às 20h de terça a sexta-feira
10h às 21h aos sábados
10h às 19h aos domingos e feriados
A bilheteria abre uma hora antes da visitação.


MUSEU DE ARTE MODERNA (MAM)




O Museu de Arte Moderna de São Paulo é uma sociedade civil de interesse público, sem fins lucrativos, fundada em 1948. Sua coleção possui mais de 5 mil obras produzidas pelos nomes mais representativos da arte moderna e contemporânea, principalmente brasileira. Tanto a coleção como as exposições privilegiam o experimentalismo, abrindo-se para a pluralidade da produção artística mundial e a diversidade de interesses das sociedades contemporâneas.
As exposições principais são realizadas em duas salas, segundo uma grade anual estruturada em quatro temporadas. Outras mostras são exibidas regularmente nos espaços da biblioteca e do corredor de ligação, onde é desenvolvido o programa de instalações Projeto Parede.
A cada dois anos, o MAM realiza o Panorama da Arte Brasileira, exposição que resulta do mapeamento da produção contemporânea em todas as regiões do país. O crescimento do interesse pela arte brasileira no mundo consolidou o Panorama como uma mostra relevante no circuito artístico internacional.
O museu mantém ainda uma ampla grade de atividades que inclui cursos, seminários, palestras, performances, espetáculos musicais, sessões de vídeo e práticas artísticas. O conteúdo das exposições e das atividades é acessível a todos os públicos, por meio de audioguias, videoguias e tradução para a língua brasileira de sinais.


Av. Pedro Álvares Cabral, s/n° – Parque Ibirapuera
04094-000 – São Paulo/SP – Brasil
TEL: +55 11 5085-1318
[email protected]
mam.org.br
Terça a domingo e feriados, 10h – 18h.
Bilheteria até 17h30.
R$ 6,00. Gratuito aos sábados.


MUSEU DO FUTEBOL




A capital cultural da América Latina inova mais uma vez e abre o único museu no mundo voltado exclusivamente para o futebol sem ter ligação com nenhum clube específico. O acervo multimídia, o aspecto futurista das instalações e referências aos grandes fatos da história brasileira do século XX são garantias de um ótimo passeio mesmo para os menos fanáticos pela modalidade. Com investimento de R$ 32,5 milhões, o Museu do Futebol é um dos grandes atrativos turísticos da cidade.
O projeto ocupa área de 6,9 mil m² embaixo das arquibancadas do Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho - Pacaembu. Sua arquitetura se destaca por integrar os espaços: o teto é a própria arquibancada, uma passarela liga os lados leste e oeste do prédio e permite uma bela visão da praça Charles Miller.
Três eixos norteiam a ida do museu: Emoção, História e Diversão. O visitante começa o percurso no saguão de entrada, batizado de Sala do Torcedor, onde estão reunidos objetos utilizados pelos torcedores como chaveiros, cinzeiros, flâmulas, broches e bandeiras.
Depois de torcer é hora de se sentir entre os ídolos. A pessoa circula entre grandes painéis suspensos da Sala Anjos Barrocos, nos quais são exibidas as imagens em movimento de craques como Pelé, Falcão, Zico, Bebeto, Didi, Romário, Ronaldo, Gilmar, Gérson, Sócrates, Rivelino.
Personalidades como Zagalo, Armando Nogueira, Galvão Bueno, Juca Kfouri, Arnaldo César Coelho, Daniel Piza, João Gordo, Marcelo Tas e Ruy Castro narraram seus gols preferidos. Suas vozes podem ser ouvidas na Sala dos Gols. Gravações originais de Ary Barroso, Fiori Gigliotti, Oduvaldo Cozzi, Waldir Amaral, Jorge Cury e Osmar Santos estão disponíveis na Sala do Rádio.
No eixo “História”, a Sala das Origens mostra a importância da fusão étnica em nosso futebol com fotos e um vídeo. Na Sala dos Heróis são apresentadas personalidades brasileiras que marcaram o século, entre elas jogadores como Leônidas da Silva e Ademir da Guia. Dentro de um túnel fechado o visitante experimenta a sensação do “Rito de Passagem, a copa de 50”. Taças gigantescas formadas por quadros e telas de cristal líquido mostram as principais características do país nos períodos entre as Copas do Mundo. A Sala Experiência Pelé e Garrincha é uma homenagem aos craques que nunca perderam uma partida jogando juntos.
No eixo “Diversão” o visitante conhece a Sala dos Números e Curiosidades, um grande almanaque interativo, e a da Dança do Futebol, na qual pode ouvir crônicas sobre elementos como o drible e o gol. A Sala Jogo de Corpo proporciona uma experiência muito divertida, já que o visitante pode bater um pênalti e saber a velocidade de seu chute.
O passeio termina na Sala Pacaembu, que celebra este que é um dos estádios mais antigos do País.
O Museu do Futebol ainda oferece carrinhos de bebê gratuitos para o passeio, tudo isso para o fanatismo ao esporte não ter tamanho e nem idade!


Serviço:
Museu do Futebol
Praça Charles Miller, s/nº - Pacaembu
Tel.: (11) 3663-3848
[email protected]
www.museudofutebol.org.br
Horário: Terça a domingo, exceto nos dias de jogos no Pacaembu, das 10h às 18h
Preço: R$ 6



GASTRONOMIA

TERRAÇO ITÁLIA




Situado em um dos prédios mais icônicos e imponentes da cidade de São Paulo, o Terraço Itália traz consigo um legado de história e tradição. Um protagonista na cena paulistana que surpreende e encanta clientes e visitantes há quase 50 anos.
O tempo passou, a cidade de São Paulo cresceu ainda mais e as pessoas tiveram que se adaptar a um novo ritmo. O Terraço Itália restaurante, atualmente com quase 5 décadas de história, mantém intacto o alto padrão de seus serviços, se adaptando as novas exigências de mercado e mantendo o título de cartão postal da cidade de São Paulo. Hoje presidido por Sergio Comolatti o Terraço Itália é um complexo de lazer, gastronomia e eventos, com versatilidade para sediar almoços, jantares, eventos sociais e corporativos. Gastronomia comandada pelo chef toscano Pasquale Mancini, serviço impecável, adega com mais de 200 rótulos selecionados dentre bons produtores do velho e novo mundo, fazem de suas salas, restaurante e bar, o cenário perfeito para o entretenimento e o desfrute de bons momentos na cidade de São Paulo.


Av. Ipiranga, 344 - 41º andar
Centro
São Paulo
55 11 2189.2929
[email protected]
www.terracoitalia.com.br
Segunda a Quinta 12h - 0h
Sexta e Sábado 12h - 01h
Domingos e feriados das 12h às 23h


FIGUEIRA RUBAIYAT




Instalado a poucos metros da Avenida Paulista e próximo dos melhores museus e hotéis de São Paulo.
Com um ambiente agradável, elegante e ao mesmo tempo descontraído, o salão é o lugar perfeito para almoços e jantares de negócios ou familiares.

No Rubaiyat da Alameda Santos a carta de vinhos é uma atração à parte.
Ela reúne cerca de 700 rótulos de tintos, brancos, rosés e espumantes rigorosamente selecionados entre as melhores vinícolas de cerca de 50 diferentes regiões produtoras.


Alameda Santos, 86
Cerqueira Cesar
São Paulo
55 (11) 3170 5100

Av. Brg Faria Lima 2954
Jardim Paulistano
São Paulo
55 (11) 3165-8888
[email protected]
rubaiyat.com.br
Segunda a sexta das 12:00h às 16:00h e 19:00h às 00:00h
Sábado das 12:00h às 00:00h
Domingo das 12:00h às 18:00h


RESTAURANTE SPOT




Desde 1994, o Spot apresenta delícias da cozinha contemporânea em um ambiente descontraído, a menos de um quarteirão da Avenida Paulista. Com fachada toda em vidro, está instalado em meio a uma grande praça com fonte iluminada e tem seu projeto arquitetônico assinado por André Vainer.
Frequentado por um público moderno e variado, o Spot reflete a agitação cultural e fashion da cidade. No horário do almoço, executivos e empresários da região tomam conta de seu salão. Em suas animadas noites, artistas, atores e jornalistas apreciam os drinks, as entradinhas, e batem papo na área externa enquanto aguardam por suas mesas.
Leve e criativo, o cardápio traz influências que vão desde lembranças de infância, até experiências de inúmeras viagens de seus sócios ao redor do mundo. Alguns de seus pratos são sucessos desde a inauguração, com destaque para o Penne com melão e presunto cru, a Terrine de queijo de cabra com legumes e a Salada Spot.


Spot Paulista
+ 55 11 3283-0946 / 3284-6131

Spot Shopping JK
+ 55 11 3O79-3448 / 3078-6979

[email protected]
restaurantespot.com.br

Paulista:
al. ministro rocha azevedo, 72
almoço: seg a sex 12h-15h /sáb, dom e feriados 12h-17h
jantar: seg a sáb das 19h30-1h e dom das 19h30-24h

JK:
shopping JK iguatemi
almoço: seg a sex 12h-15h /sáb, dom e feriados 12h-17h
jantar: dom a qui 19h-23h e sex a sáb 19h-24h


HOTEL UNIQUE




RESTAURANTE & BAR
O Skye restaurante e bar, é a alma do Hotel Unique.
Localizado na cobertura do hotel, o Skye possui uma piscina avermelhada e um fabuloso lounge com vista panorâmica para o Parque Ibirapuera e todo o horizonte de São Paulo, incluindo o skyline da Avenida Paulista.
No Skye, os maravilhosos sabores apresentados na gastronomia contemporânea do Chef Emmanuel Bassoleil, a exuberância visual e o serviço único despertam os sentidos dos visitantes em todas as ocasiões, seja num café da manhã em família, um almoço de negócios, happy hour entre amigos ou em um jantar romântico a dois. Convidamos você a descobrir este espaço único.


Av. Brigadeiro Luís Antônio, 4700
Jardim Paulista
São Paulo - SP
+55 11 3055-4732
[email protected]
www.hotelunique.com.br


MORAIS REI DO FILET




O Rei do Filet, se confunde com a própria história da Gastronomia Paulistana, sendo hoje um dos mais tradicionais restaurantes paulistas.
Tudo começou em 1914, quando Salvador Domingos Vidal, já falecido, montou um restaurante na Rua Conselheiro Crispiniano, cujo nome à época era Esplanadinha.
Tornou-se ponto de referência na noite, onde a clientela era composta por boêmios, que saiam do Avenida's Dancing, artistas, políticos e pela alta sociedade que afluía do Teatro Municipal, todos em busca do já afamado Filet do... Tão bom nesta época, quanto agora...
Em 1914 migrou para a Praça Júlio Mesquita 175, onde permanece até hoje...


Praça Júlio Mesquita, 175 - República - 55 (11) 3221-8066
Alameda Santos, 1105 - Jardim Paulista - 55 (11) 3287-6365
São Paulo
[email protected]
reidofilet.com


D.O.M.




Atualmente considerado o 9° melhor restaurante do mundo pelo S. Pellegrino World´s 50 Best Restaurants e detentor de duas estrelas no prestigiado Guia Michelin, o D.O.M. é um restaurante singular, sem pretensão de ser eloquente. Ao contrário, sua mensagem é sintática e pungente: sair da zona de conforto e propor uma nova experiência gastronômica, resgatando os sabores mais autênticos da cozinha brasileira sob um olhar contemporâneo.


Rua Barão de Capanema, 549
55 (11) 3088 . 0761 | +55 (11) 3081 . 4599
domrestaurante.com.br


ÁVILA




Churrasco (parrilla) estilo argentino, com sua grelha inclinada. Um dos diferenciais da casa é o “asador criollo”, sistema típico do interior da Argentina, parecido com o fogo de chão brasileiro, em que a carne, no espeto, assa lentamente ao lado das brasas – o que permite acentuar o sabor e diminuir a gordura. Como no Argentina, o “asador” fica à vista das pessoas que passam pela entrada do restaurante. Comandada pelo simpático sócio-proprietário Guillermo (pode falar em meu nome) que está sempre pronto a indicar os melhores cortes do dia. Tem uma bela enoteca no andar superior.


Rua Bandeira Paulista, 524
Tel: (11) 3167-2147 / 3167-2147
avilasteakhouse.com.br


KAÁ




Vale a visita pelo bonito ambiente com uma parede revestida com 7.000 plantas típicas da mata Atlântica. Comida variada.


Av. Pres. Juscelino Kubitscheck, 279
São Paulo
Tel: (11) 3045-0043 / 3045-0043

kaarestaurante.com.br



PONTOS TURÍSTICOS

SITE OFICIAL DE TURISMO

www.cidadedesaopaulo.com


30 PROGRAMAS IMPERDÍVEIS

CLIQUE AQUI


DESCUBRA SP EM 5 PASSEIOS

CLIQUE AQUI


ESTAÇÃO DA LUZ




Aberta ao público em 1º de março de 1901, a Estação da Luz ocupa 7,5 mil m² do Jardim da Luz, onde se encontram as estruturas trazidas da Inglaterra que copiam o Big Ben e a abadia de Westminter. Não houve inauguração, já que o tráfego foi sendo deslocado aos poucos, mas não demorou muito para que o novo marco da cidade fosse considerado uma sala de visitas de São Paulo. Todas as personalidades ilustres que tinham a capital como destino eram obrigadas a desembarcar no local. Empresários, intelectuais, políticos, diplomatas e reis foram recepcionados em seu saguão e por lá passavam ao se despedirem.
A estação tornou-se porta de entrada também para imigrantes, promovendo a pequena vila de tropeiros a uma importante metrópole. Esta importância, concedida à São Paulo Railway Station, como era oficialmente conhecida, durou até o fim da Segunda Guerra Mundial. Após este período, o transporte ferroviário foi sendo substituído por aviões, ônibus e carros, muito mais rápidos que os trens.
Em 1946, o prédio da Luz foi parcialmente destruído por um incêndio. A reconstrução da estação foi bancada pelo governo e se estendeu até 1951, quando foi reinaugurada. Ela ainda passou por outras reformas e restaurações. Já em 1982 o complexo arquitetônico da Estação da Luz foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico (Condephaat).


Estação da Luz
Praça da Luz, 1 - Luz - São Paulo (Metrô Luz)
Tel.: 0800-55-0121
[email protected]
www.estacaodaluz.org.br
Horário: todos os dias, das 4h às 24h
Grátis
wikipedia/Estação da Luz


MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA




Inaugurado em 18 de março de 1989 na Barra Funda, o Memorial da América Latina foi criado para difundir as manifestações latino-americanas de criatividade e saber, sempre com o objetivo de interagir relações culturais, políticas, econômicas e sociais.
Em uma área com 84.480 m², o arquiteto Oscar Niemeyer projetou o espaço em cima de um projeto cultural desenvolvido pelo sociólogo brasileiro Darcy Ribeiro, que sempre defendeu a integração da América Latina.
O espaço é dividido em ambientes como a Praça Cívica, um espaço aberto onde se encontra um dos maiores símbolos do Memorial, a escultura “A Grande Mão”, simbolizando o sangue derramado pelos povos latino-americanos na luta pela liberdade; o Salão de Atos Tiradentes, com seis painéis que contam a saga da colonização latino-americana; o Auditório Simon Bolívar, famoso por já ter recebido chefes de Estado como Bill Clinton, Fidel Castro e Hugo Chávez, entre outros; a Biblioteca Latino-Americana, com o maior acervo especializado em cultura latino-americana, com cerca de 30 mil volumes; o Pavilhão da Criatividade Popular Darcy Ribeiro, em que há uma maquete com quase mil pequenas peças, criada pelos artistas Gepp e Maia, com os principais pontos turísticos dos paises latino-americanos e cenas como uma do livro de Ernest Hemingway escrita em Cuba, “O Velho e o Mar”. O pavilhão abriga também uma exposição permanente de arte popular latino-americana.
No local há ainda o Anexo dos Congressistas, espaço dedicado a atividades acadêmicas, diplomáticas e pequenas exposições, e a Galeria Marta Traba de Arte Latino-Americana, inaugurada em 1998 e também projetada por Oscar Niemeyer, em um espaço que funcionava originalmente como restaurante especializado em gastronomia latino-americana.
Além de todos esses ambientes, o Memorial destaca-se como um dos principais pontos turísticos da cidade pelos grandes nomes que recebeu até hoje, como Luciano Pavarotti e o Balé de Cuba. Também foi durante anos a sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Lá nasceu o projeto da Universidade de Música e a Orquestra Jazz Sinfônica.
O Memorial recebe grupos para visitas gratuitas e monitoradas. O espaço tem uma grande área ao ar livre, mas a falta de árvores o deixa com o clima árido.


Serviço:
Memorial da América Latina
Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda - Zona Oeste (Metrô Barra Funda)
Tel.: (11) 3823-4600
[email protected]
www.memorial.sp.gov.br
Horário: De terça a domingo, das 9h às 18h
Grátis



INFORMAÇÕES ÚTEIS

EMERGÊNCIAS
Emergência de trânsito – 194
Emergência de saúde – 192
Polícia Civil – 147
Polícia Militar – 190
Bombeiros – 193
Achados e Perdidos (Correios) >>
Serviços 24 horas >>
Defesa do Consumidor – 151

INFORMAÇÕES SOBRE TELEFONES
Assinantes locais – 102
Ligações internacionais – 000333



TRANSPORTES

Metrô
0800-7707722
www.metro.sp.gov.br

Ônibus municipais – 156

Aeroportos
São Paulo Guarulhos (11) 2445-2945
Congonhas (11) 5090-9000
Campo de Marte (11) 2221-2699
Airport Bus Service (Transporte do aeroporto pra cidade)
0800-2853047 ou (11) 3775-3850
www.airportbusservice.com.br

Terminais Rodoviários
Tietê, Barra Funda e Jabaquara – (11) 3866-1100
www.socicam.com.br

Companhia Paulista de Trens Metropolitanos
0800-0550121
www.cptm.sp.gov.br

Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis
www.abla.com.br

ADETAX
Associação das Empresas de Táxi de Frota do Município de São Paulo
www.adetax.com.br

SINDITAXI
Sindicato dos Taxistas Autônomos de São Paulo
(11) 5573-5200
www.sinditaxisp.org.br
Para consultar endereços de pontos de táxis clicar em "Vai de Táxi"

TURISMO E LAZER NA CAPITAL
São Paulo Turismo
www.spturis.com
www.cidadedesaopaulo.com

São Paulo Convention & Visitors Bureau
www.visitesaopaulo.com

Dicas de Passeios
www.cidadedesaopaulo.com

Catraca Livre
www.catracalivre.com.br


BILHETES E INGRESSOS
Ingresso.com – (11) 4003 2330
www.ingresso.com

Ingresso Fácil - (11) 4003 2245
www.ingressofacil.com.br

Ingresso Rápido – (11) 4003-1212
www.ingressorapido.com.br

Tickets For Fun – (11) 4003-5588
premier.ticketsforfun.com.br

Futebol Card - (11) 2344-4210
www.futebolcard.com



OUTRAS INFORMAÇÕES
Acessibilidade
Boa parte dos locais públicos estão adaptados para portadores de necessidades especiais.
Mais informações: www.prefeitura.sp.gov.br

Jornais e revistas locais
www.estadao.com.br
www.folha.uol.com.br
www.vejasaopaulo.com.br

Previsão do tempo na Capital
www.prefeitura.sp.gov.br

Previsão do tempo no Estado
www.defesacivil.sp.gov.br


Fonte: Site oficial de turismo da Cidade de São Paulo
São Paulo Turismo S/A